.posts recentes

. Carência

. Vida

. Lascas...

. Poeira agitada

. Silêncio

. Passarinho

. Cair, se ferir, levantar

. Deve ser

. Inspiração

. Areia

.arquivos

. Agosto 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Abstinência

 

Abstinência
 
Toda abstinência dói,
Afinal o que é a tal abstinência?
É a falta, é o jejum,
É a ausência daquilo que de certa forma corrói.
 
Quero reinventar o meu dia a dia,
Quero tirar amizades falsas do meu cotidiano,
Mas Senhor se eu estiver errada,
Perdoe Senhor esse meu engano.
 
Não sei se sou eu a certa,
Se a impressão que tenho é errada,
Só sei que precisei ficar alerta,
Para aqueles que comigo estão nessa estrada.
 
Que os anjos estejam sempre comigo,
Que a Luz Divina ilumine meu caminho,
Que estejam também com minha família,
Que estejam em mim, no meu ninho.
 
 
 
 

publicado por fitasdecetim às 14:47

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Vontade

 

Os meus poros transpiram a vontade de ser,
Minha alma anseia em vencer por querer,
Paro e penso, tenho devaneios,
Procuro um meio de ser, despenteio-me!
 
Há luzes no fim do túnel da vida,
Há chances merecedoras de atenção,
Questiono “mi alma” porque não deixo de lado as feridas,
Passo então a ter passos firmes, cabeça erguida.
 
Há um bloqueio antes das luzes,
Há um querer esmagado no chão,
Preciso tira-lo dali, colocar em prática,
Tudo aquilo que manda meu coração.
 
Eu sou forte, eu penso assim,
Meio que acredito nas mentiras que crio,
Não são tão mentiras assim,
Afinal, de coragem e fortalezas eu mesmo vivo...
 
Sou uma incógnita, sou um rio claro,
Sou um cheiro doce, sou o que não desperta o  faro,
Sou intensa, sou dramática,
Sou o cético, sou a falaça.
 
Dou dez passos, volto três,
Insegurança, afirmação,
Preciso expurgar isso! Não tem razão!
Preciso ser precisa, é a minha vez!
 
Um dia coloco o expurgo em prática,
Esse “novo” é próximo, tem de ser!
Tem que ser tão perto, tão preciso,
Tem que gerar frutos,  tem que crescer.
 
Salve os meus tropeços,
Salve as minhas contradições,
Salve a minha fé,
Salve o querer as revoluções!
 
 
 
 

publicado por fitasdecetim às 18:50

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Donos da História

 

O que você faria se fosse dono da sua história?
O que você faria se pudesse manipular as situações da vida?
Teria a bravura de um guerreiro?
Ou seria covarde e as cancelaria?
                                                  
O que você faria se pudesse voltar atrás?
O que você mudaria nas ações que não voltam mais?
 
 
Você realmente ouve o que seu coração grita com você?
Ou o adormece com drogas?
 
A droga da mentira, a droga da surdez, a droga do não sentir,
A droga do não se redimir...
 
Você aceita o medo?
Você aceita a felicidade?
Você aceita o sofrer com intensidade?
 
Você tem coragem?
Tem omissão?
As duas caminham juntas,
Na decisão, no coração.

publicado por fitasdecetim às 21:31

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Carência

 

Carência
 
Careço de amor,
Careço de ti,
Careço da dor,
Pra nela sentir,
 
Sentir o crescer,
Amadurecer,
Sentir que se dói,
Também se constrói,
 
Se constrói o querer,
Constrói “o se ver”,
Se constrói o porquê,
Das incógnitas da vida.
 
Careço do abraço,
Careço dos laços,
Careço do apoio,
Do desembaraço,
 
Careço e não esqueço
Na hora da  carência,
Vejo que em mim há a força.
Dentro de mim e não na aparência.
 
Careço do saber,
Que você me enxerga,
Que você me conhece,
Que você não despreza.
 
Careço da certeza,
Careço da dúvida,
Careço da presteza,
Careço da súplica.
 
Careço do amigo,
Careço do ombro,
Careço do abrigo,
Careço do estrondo.
 
Nessa carência eu vivo,
Sempre na esperança,
Que um dia sem ela ainda vivo,
Completa, carência será lembrança...
 
 
 
 
 
 
 

publicado por fitasdecetim às 15:48

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Julho de 2008

Ser Feliz

 

Felicidade tá no sol,
Ta no ar,
Ta no carinho,
Ta no mar,
 
É pisar na poça,
É sujar a roupa,
É ir pescar...
 
É correr na grama,
É andar na areia,
É fotografar a vida,
É a alegria alheia;
 
É correr pro abraço,
É te dar amasso,
É criar os laços,
É rir da caída;
 
É comer bombom;
É tomar café,
Sempre com quem se ama,
É ganhar cafuné;
 
É um samba bamba,
É um pop rock
É trilha sonora,
Da vida que anda...
 
São as flores,
São as cores,
São as dores superadas,
É crescer sem ser amargurada;
 
É o cheio do vento,
É a brisa do mar,
É a lua brilhando,
É o não perder tempo!
 
É rir com farelo,
É rir da sujeira,
É rir Sem parar,
É falar besteiras!
 
É rezar,
É agradecer;
É acreditar;
É fazer por merecer.
 
Ser feliz é ter filhos,
É ter medo de como educar,
É superar esse medo,
E ter fé no que vai ensinar.
 
Ser feliz é dar sorrisos,
É receber elogios,
É cultivar amigos,
É saber andar nos trilhos.
 
Ser feliz é gargalhar,
É ser amado, é amar,
Ser feliz...
 

publicado por fitasdecetim às 15:52

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Aprender com você Maria Eduarda...

 

 
 
Aprender com você é aprender a viver.
Eu sei que sou responsável pelo que aprendes,
Pelo que passas a acreditar ser de valor,
É difícil filha o aprendizado.
Há interferências externas,
Há o “pisar no molhado” o “escorregar nas atitudes”...
Mas aprender com você é um desafio,
É ter coragem pra admitir,
É ter coragem pra aprender,
É ter coragem de desfazer padrões de comportamento, sabe?
A gente percebe que precisa limpar o “casco do barco”,
Os anos deixam a gente com cracas,
É necessário a limpeza, é necessário por você.
Somos a interferência, somos sua base...
Por isso é tão bom ter você,
Aprender com você,
Renovar meus dias com você.
Ter você me faz ser assim,
“Troco as penas”, renovo-me.
Ensino a ti, sabendo que é pra vida
E não pra mim...
 
 
 

publicado por fitasdecetim às 15:31

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

O que é falso?

 

O que é falso?
Preciso buscar a minha verdade,
Parar de criar antônimos pra minha vida.
Se quero, fujo;
Se amo, odeio,
Se acredito, desacredito;
Fico assim, nesse vai e vem de idéias, me agarrando loucamente  às raízes que finquei;
Tentando a todo custo não perder meus valores.
O que é falso pra você?
Pare, pense e responda de verdade.
Aquela verdade matriz.
Aquela que vive dentro de você sem ninguém por perto pra te descobrir.
Por muito tempo eu criei estereótipos e ainda os crio.
Quantas vezes neguei a verdade.
Quantas vezes fui o Judas multiplicando a negativa.
A busca é recorrente. É rotina.
Ainda sou o Judas, quantas vezes no meu dia!
É nesse exercício da vida, que tento,
Muitas vezes sem sucesso,
Trilhar meu caminho, não tomar atitudes sem regresso.

publicado por fitasdecetim às 20:55

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

Teste

 

Você me conhece?
sabe quais são os meus planos?
Quem são os meus ídolos?
Quem são meus vilões?
Do que gosto?
Do que não gosto?
Minhas manias?
Meus descompassos?
Minhas paixões?
Você sabe?
Você conhece de fato?
Ou será que sou uma árvore,
Dentro de mim tudo isso,
Mas aos seus olhos só tronco e folhas?
Sente minha seiva?
Sente a fotossíntese diária?
Quero ver ser me conhece,
Fica aí meu bem o teste.
sinto-me: Agitada...

publicado por fitasdecetim às 16:00

link do post | comentar | favorito

.Marian?

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds