.posts recentes

. Carência

. Vida

. Lascas...

. Poeira agitada

. Silêncio

. Passarinho

. Cair, se ferir, levantar

. Deve ser

. Inspiração

. Areia

.arquivos

. Agosto 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

Depois de você

Depois de você, veio a ausência

e com o tempo a abstinência foi má, maltratou mesmo.

A dor que fica é bem fina, longa, profunda,

como se fincasse  as unhas, afundando a pele.

Depois de você pude assumir coisas, pude ver coisas que escondia de mim...

Pude perceber o que deixei passar, o que omiti, só por amar você.

Depois de você, bem...depois de você, nada foi igual.

tento esquecer meus pensamentos e a traição que sofri, bem; é companhia natural...

Tanta coisa você não explicou...tanta coisa não me contou.

E ficou o por que do silêncio, já que tantas vezes pai,

tivemos a oportunidade, tivemos o querer,

tivemos o "aconteça o que que acontecer..."

E você foi e deixou as marcas.

E a abstinência já não maltrata.

Porque traição é assim mesmo.

Só resta a mim, tirar do corpo esse veneno...

 


publicado por fitasdecetim às 14:46

link do post | comentar | favorito
|

.Marian?

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.tags

. todas as tags

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds