.posts recentes

. Carência

. Vida

. Lascas...

. Poeira agitada

. Silêncio

. Passarinho

. Cair, se ferir, levantar

. Deve ser

. Inspiração

. Areia

.arquivos

. Agosto 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008

Silêncio

 

Se eu pudesse eu sumia no sopro do mundo,
Entrava no vazio profundo,
Que existe nesse silêncio, aqui,
Na minha alma...
 
Esse silêncio vive aqui e me chama,
Abraço então a quietude que clama,
Por um momento de equilíbrio total.
 
Piso firme nas chamas da estrada,
Elas ardem, verdadeiras fornalhas,
De obstáculos, desafios, torpor.
 
Cuidadosa e zeloza dou eu os meus passos,
Vibro com o descompasso
Coração de tambor...
 
Imagino ser ele, o silêncio,
a minha  brisa.
Entrando porta a dentro,
Inundando minha vida.
 
Sou um navio meio à tempestade,
Fecho as comportas do meu corpo e alma,
Ignoro o mar e toda a sua majestade,
Navego em silêncio, já não arde, acalma...
 
 

publicado por fitasdecetim às 16:05

link do post | comentar | favorito
|

.Marian?

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.tags

. todas as tags

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds