.posts recentes

. Carência

. Vida

. Lascas...

. Poeira agitada

. Silêncio

. Passarinho

. Cair, se ferir, levantar

. Deve ser

. Inspiração

. Areia

.arquivos

. Agosto 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

Domingo, 2 de Novembro de 2008

Cair, se ferir, levantar

 

Eu caio e ralo o joelho,
Choro de desespero,
Eu me sujo e toco o tambor.
 
Eu quebro os copos no espelho,
Me corto e faço desejos de amor e de dor.
 
Eu rogo a Nossa Senhora, que no fim da história,
Não exista  de certo ainda o fim.
 
Eu canto, eu suspiro lá fora,
Eu imagino o som da viola,
Ou quem sabe, o coelho na  cartola,
Pra salvar o meu dia ruim...
 
Eu tenho os olhos borrados,
A pele riscada,
O cabelo embolado...
 
Eu tenho o desejo embutido,
De nunca ter caído,
De não se machucar.
 
Ouçam bem meus amigos,
Meus ombros não estão caídos,
Pois bem eu sei o meu lema:
Cair, se ferir, levantar.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

publicado por fitasdecetim às 20:48

link do post | comentar | favorito
|

.Marian?

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.tags

. todas as tags

.Fazer olhinhos

blogs SAPO

.subscrever feeds